Bem-vindo ao DJC!






Graça e paz em Cristo Jesus. Sejam todos bem vindos ao Discipulado de Jesus Cristo. Aqui é o lugar que Deus preparou para reavivarmos e desenvolvermos integralmente a vida cristã-batismal e sermos verdadeiramente felizes, pois foi para a felicidade que Ele nos criou.

O texto a seguir é voltado sobretudo para quem está chegando pela primeira vez no Específico, Projeto ou Missão e por isso ainda não adquiriu o primeiro Temário do DJC. Se possível providenciem uma cópia para cada pessoa!


1 - Discipulado é comunhão que gera a vida


No Evangelho de João o Discipulado de Jesus Cristo é o lugar ou o processo da comunhão fraterna dos discípulos com Jesus mediante o qual cada um é muito amado pelo Senhor e nesse amor é edificado, curado, salvo e liberto.

Jesus é o Rabi, o Mestre por excelência que forma o discípulo por exemplos e palavras na escola da fé, da esperança e do amor. É por essa razão que o Evangelho de João também é chamado de o Evangelho do Discípulo Amado. Esta experiência de João ecoou no seu testemunho posto no início da sua primeira epístola:

1 João 1,1 Aquilo que existia desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com nossos olhos, o que contemplamos e o que nossas mãos apalparam: - falamos da Palavra, que é a Vida... 3 Isso que vimos e ouvimos, nós agora o anunciamos a vocês, para que vocês estejam em co-munhão conosco. E a nossa comunhão é com o Pai e com o seu Filho Jesus Cristo. 4 Essas coisas, escrevemos para vocês, a fim de que a nossa alegria seja completa.

Vemos que João foi discipulado diretamente por Jesus e esta experiência o fez viver vida nova no Espírito Santo, moldou o seu caráter e impulsionou a sua missão. Discipulado é escola, mas não é uma escola só de aprender teorias. É a escola aonde aprendemos a viver convivendo com Jesus Salvador, o Verbo da Vida. É por isso que o Discipulado de Jesus Cristo é tão importante dentro do projeto salvífico de Deus para a humanidade.


2 - Vinde e vede!


Este discipulado da convivência e comunhão fraterna dos discípulos com Jesus, o qual é fundamental para cada um crescer na vida nova e ser plena-mente realizado na vocação para a qual Deus o chamou está presente no Evangelho do Discípulo Amado de ponta a ponta.

Antes de tudo convido para meditarmos João 1,35-51:
João Batista foi o último grande profeta que preparou a chegada do Salvador. Um certo dia, vendo Jesus que ia passando, apontou: “Eis o Cordeiro de Deus”. Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram a Jesus. Jesus virou-se para trás, e vendo que o seguiam, perguntou para provocar o diálogo: “O que vocês estão procurando?” Eles disseram: “Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras?” Jesus respondeu: “Vinde e vede!” Então eles foram, viram onde Jesus mo-rava e começaram a conviver com ele naquele mesmo dia.

Deixaram de ser discípulos de João e tornaram-se discípulos de Jesus... Entraram no Discipulado de Jesus Cristo! O Discipulado de Jesus Cristo começa com o encontro pessoal com Ele e se realiza na convivência com ele e os irmãos de caminhada. Uma convivência regada na fé e no amor, sempre no Caminho da Palavra de Deus e do Espírito Santo.

Desde os inícios os dois novos discípulos de Jesus ficaram repletos da alegria do Evangelho e começaram a convidar outras pessoas. O encontro com Jesus impactou a vida deles de tal forma que não conseguiam esconder a imensa alegria que começaram a experimentar nas profundezas da sua alma.

André era um dos dois que ouviram as palavras de João e seguiram Jesus. Ele encontrou o seu irmão Simão, e lhe disse: “Nós encontramos o Cristo”. Então André apresentou Simão a Jesus. Jesus olhou bem para Simão e disse: “Você é Simão, o filho de João. Você vai se chamar Cefas” (que quer dizer Pedra / Pedro).

No dia seguinte, Jesus decidiu partir para a Galileia. Encontrou Filipe e disse: “Siga-me”. Filipe também foi impactado pela Graça do encontro com Cristo e testemunhou para Natanael: “Encontramos aquele de quem Moisés escreveu na Lei e também os profetas: é Jesus de Nazaré, o filho de José.”

Natanael tinha preconceito e disse: “De Nazaré pode sair coisa boa?” Filipe não perdeu tempo e convidou Natanael para fazer a mesma experiência que ele fez: “Venha, e você verá!” Ele aceitou o convite de Filipe e foi ao encontro de Jesus. Quando Jesus o viu, disse: “Eis aí um israelita de verdade, um homem sem falsidade.”

Jesus conhecia Natanael e o amava profundamente antes mesmo que ele o conhecesse. Envolvido por este amor incondicional, Natanael deixou cair por terra todo preconceito e disse para Jesus: “Mestre, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel!”

Depois de todos esses encontros de salvação, Jesus se apresentou como aquele que faz a ligação entre o homem e Deus, porque não existe outro Caminho que conduz ao Pai a não ser o próprio Senhor Jesus. Desde os inícios Jesus enfatiza que a essência do cristianismo é seguir os seus passos, porque quem o segue não caminha nas trevas, mas possui a Luz da Vida!

Discipulado na Bíblia é a escola de Jesus. Jesus é o Mestre, o Espírito Santo é a Luz, a Bíblia e o Catecismo da Igreja são os livros de cabeceira e Maria é a Mãe que toma pela mão e ajuda o filho a fazer esta bonita caminhada no seguimento de Jesus, o Caminho que conduz para a Verdade a Vida!


3 - Todos devem ser discípulos de Jesus


O Pai Celeste anunciou através do profeta Isaías que quando o seu Filho viesse a este mundo todos seriam discípulos dele e nele teriam a vida em plenitude (Is 54,13; Jo 6,45-47). Portanto, o Discipulado de Jesus Cristo é um projeto que nasceu no coração de Deus e expressa todo seu cuidado e carinho que Ele tem por cada um de nós. Ele deseja que todos sejam salvos e cheguem ao conhecimento da Verdade. De modo que, ao vir ao mundo para fazer a vontade do Pai, Jesus Salvador priorizou o método do Discipulado desde os inícios do seu ministério. Foi assim que Ele realizou a sua missão durante toda a sua vida e nos ordenou a fazer o mesmo.

O Discipulado de Jesus Cristo não é criação do homem. O Discipulado é obra de Deus que nos salva em Cristo Jesus. Ele nos reuniu aqui para fazermos a mesma experiência de João e dos primeiros cristãos. Para tanto, é necessário que cada um aceite o convite de Jesus para conviver com ele e segui-lo dia após dia, encontro após encontro, passo a passo.


4 - Qual a sua resposta?


O discípulo só cresce convivendo com Jesus e os irmãos, sempre no Caminho da Palavra de Deus e do Espírito Santo. A disciplina é o modo pelo qual cooperamos com a Graça de Deus na nossa vida. Sem disciplina a corda arrebenta. Como está escrito: “Apegue-se à disciplina e não a solte, porque a disciplina é a sua vida!” (Pr 28,4)

Nem sempre é fácil ser disciplinado. Mas se desde os inícios formos nos esforçando, com o tempo vamos nos acostumando e a disciplina vai se transformando numa virtude que nos impulsiona para sermos plenamente realizados na vida. A disciplina que a pessoa adquire no Discipulado de Jesus será muito importante para todas as outras áreas da sua vida, como o emprego, namoro, casamento etc.

Disciplina é liberdade. Só o disciplinado é verdadeiramente livre. Por isso, desde os inícios, vigie contra o Maligno que gosta muito da indisciplina, da sujeira e da bagunça. “Apegue-se à disciplina e não a solte, porque a disciplina é a sua vida!” (Pr 28,4)

O Cenáculo do Discipulado de Jesus Cristo é semifechado. Toda pessoa é bem-vinda. Mas para permanecer é necessário adquirir o Temário, pois o mesmo servirá para cada um crescer na Palavra de Deus durante a semana.

Para favorecer o encontro com Cristo e a caminhada na sua Palavra, é necessário que cada um adquira os Temários do DJC, um a cada três meses. Ao todo são sete Temários pautados na Palavra de Deus e na Doutrina da Igreja que ajudarão o discípulo a caminhar com Jesus e os irmãos, sempre na luz do Espírito Santo. Esses Temários são necessários, porque o discípulo só cresce no Caminho da Palavra de Deus.

Mesmo quem não sabe ler ou escrever sempre deverá adquirir o Temário, uma vez que receberá ajuda dos irmãos no decorrer da caminhada.

O primeiro Temário a ser adquirido por cada discípulo é o Reavivamento no Espírito Santo, o qual favorece a vivência da maravilhosa Graça da Salvação.

Já com o seu primeiro Temário em mãos, hoje mesmo você deverá começar a estudar a primeira vivência, todo dia meditar a Palavra de Deus e escrever o 


rema no local indicado. Importante um ajudar o outro durante a semana e daqui há sete dias estaremos todos partilhando e rezando a primeira vivência do primeiro Temário.

Toda semana será feita uma vistoria de amor, verificação e zelo, não de julgamento. É o modo pelo qual o evangelista vai vendo a caminhada do discípulo e ministrando o acompanhamento personalizado.

Conforme seja, o evangelista colocará “sim” ou “não” na vistoria. O ideal é meditar a Palavra todo dia. Mas, se o discípulo meditar só uma vez e escrever o rema, ele colocará “sim”. Caso não medite nem uma vez, ele deverá colocar “não”. Tudo isso para ajudar na disciplina e no acompanhamento do discípulo no decorrer da caminhada.

A parte do evangelista é ministrar a Palavra e a Graça de Deus. Não existe nem um tipo de julgamento, mas acompanhamento. No final de cada Temário, a cada três meses, todo discípulo será encaminhado para o temário seguinte, até completar os sete temários, independentemente que tenha feito as meditações ou não. Depois dos sete temários concluídos, o discípulo continuará a caminhada como Discípulo Missionário. Esta é uma forma de dizer que a parte do DJC é ministrar a Palavra, acompanhar o discípulo e orientar a caminhada na Palavra de Deus. O restante é entre o Discípulo e Deus. Nós somos cooperadores. Jesus é que é o verdadeiro Rabi do Discipulado!

Na Caminhada Discipular, nem atropelar temário e nem retardar. Quando um discípulo desiste e sai da caminhada, ao retornar sempre continua de onde ficou, porque é pra frente que se anda!

Discípulo de Jesus só cresce na comunhão fraterna com Jesus e os irmãos, sempre caminhando na Palavra de Deus e no Espírito Santo. É uma alegria contar com a sua presença na estrada de Jesus!

“Vinde e vede!” é o convite de Jesus para você. E nós testemunhamos com São João Evangelista do Verbo da Vida que também se manifestou a nós cheio de amor e de verdade: “Venha, e você verá como é bom ser discípulo de Jesus!”

Qual a sua decisão? Fique bem à vontade. Caso deseje entrar nesse caminho de crescimento do DJC, adquira o primeiro Temário hoje mesmo e ainda hoje o seu nome vai ser incluído na vistoria do Cenáculo do Reavivamento no Espírito Santo.

Graça e Paz!

Att,

Pe. Marcos Oliveira
Acompanhante Geral do DJC

0 comments: