Recados

Encontramos o Cristo - Clique aqui


Vimos que ao vir ao mundo para fazer a vontade do Pai, Jesus Salvador priorizou o método do Discipulado desde os inícios do seu ministério. Foi assim que Ele realizou a su9a missão e nos ordenou a fazer o mesmo...


Antes de tudo convido para meditarmos João 1,35-51.


João Batista foi o último grande profeta do Antigo Testamento que preparou a chegada do Salvador. Um certo dia, apontou para Jesus e disse aos seus discípulos: “Eis o Cordeiro de Deus”. Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus. Jesus virou-se para trás, e vendo que o seguiam, perguntou: “O que vocês estão procurando?” Eles disseram: “Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras?” Jesus respondeu: “Vinde e vede!” Então eles foram, viram onde Jesus morava e começaram a conviver com ele naquele mesmo dia. Deixaram de ser discípulos de João Batista e se tornaram discípulos do Senhor Jesus... Entraram no Discipulado de Jesus Cristo! 


“Vinde e vede!” O Discipulado de Jesus Cristo começa no encontro pessoal com Ele e se realiza na convivência com Ele e os irmãos de caminhada. Uma convivência regada na fé e no amor, sempre no Caminho da Palavra de Deus e na Graça do Espírito Santo.  


Desde os inícios os dois novos discípulos de Jesus ficaram repletos da alegria do Evangelho e começaram a convidar outras pessoas.


 O encontro com Jesus impactou a vida deles de tal forma que não conseguiam esconder a imensa alegria que começaram a experimentar nas profundezas da sua alma.


“Encontramos o Cristo!” André era um dos dois que ouviram as palavras de João Batista e seguiram Jesus. Ele encontrou o seu irmão Simão, e lhe disse: “Nós encontramos o Cristo”. Então André apresentou Simão a Jesus. Jesus olhou bem para Simão e disse: “Você é Simão, o filho de João. Você vai se chamar Cefas” (que quer dizer Pedra / Pedro).  


“Venha, e você verá!” No dia seguinte, Jesus foi para a Galiléia. Encontrou Filipe e disse: “Siga-me”. Filipe também foi impactado pela Graça do encontro com Cristo e testemunhou para Natanael: “Encontramos aquele de quem Moisés escreveu na Lei e também os profetas: é Jesus de Nazaré, o filho de José.” 


Natanael tinha preconceito e disse: “De Nazaré pode sair coisa boa?” Filipe não perdeu tempo e convidou Natanael para fazer a mesma experiência que ele fez: “Venha, e você verá!” Ele aceitou o convite de Filipe e foi ao encontro de Jesus. Quando Jesus o viu, disse: “Eis aí um israelita de verdade, um homem sem falsidade.” 


Jesus conhecia Natanael e o amava profundamente antes mesmo que ele o conhecesse. Envolvido por este amor incondicional, Natanael deixou cair por terra todo preconceito e disse para Jesus: “Mestre, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel!”


Depois de todos esses encontros de salvação, Jesus se apresentou aos seus discípulos como aquele que faz a ligação entre o homem e Deus (v. 51), porque não existe outro Caminho que conduz ao Pai a não ser o próprio Senhor Jesus:


Jo 14,6 Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim!